TPM ou Gravidez: Como diferenciar os sintomas?

A Tensão Pré-Menstrual e a gravidez são facilmente confundidas devido aos seus sintomas muito semelhantes. É muito comum achar que está na TPM quando, na verdade, está nas primeiras semanas de gestação, principalmente quem nunca esteve grávida antes. 

Os sinais desses dois períodos femininos são causados pelo mesmo hormônio: a progesterona. O aumento nos níveis desse hormônio ocorre uma ou duas semanas antes da ovulação, causando uma série de efeitos no corpo da mulher que podem parecer os mesmos sintomas da gravidez. No entanto, é importante lembrar que os sinais da TPM duram entre 5 a 10 dias até a menstruação, enquanto os primeiros sintomas da gravidez aparecem desde a segunda semana de gestação, podendo se estender por toda gravidez. 

Os sintomas podem até ser percebidos, mas especialistas afirmam que é possível diferencia-los a partir de certos sinais que o corpo feminino apresenta. Para entender melhor, é preciso primeiramente reconhecer os sintomas da TPM e da gravidez. 

Sintomas da TPM

tpm ou gravidez

Os sintomas da TPM são causados pela flutuação nos níveis de hormônios importantes para o funcionamento do corpo feminino, como o estrogênio e a progesterona, antes do ciclo menstrual. Eles podem ser psíquicos ou físicos, e aparecem de uma forma diferente em cada organismo.

Os principais sintomas da TPM são:

  • Dor e inchaço abdominal;
  • Sono;
  • Ansiedade;
  • Mudanças de humor;
  • Ataques de choro;
  • Cansaço;
  • Depressão;
  • Ganho de peso;
  • Acne ou problemas na pele;
  • Mau humor;
  • Dor de cabeça;
  • Falta de concentração;
  • Prisão de ventre;
  • Sentir raiva sem motivo;
  • Desejo de comer doces e salgados;
  • Dificuldade para dormir;
  • Irritabilidade;
  • Ansiedade;
  • Baixa autoestima;
  • Dor e inchaço nos seios;
  • Diarreia;
  • Tonturas;
  • Desmaios;
  • Inchaço nas mãos e pernas;
  • Diminuição do desejo sexual.

Sintomas da Gravidez 

é gravidez ou tpm?

Os sintomas de gravidez devem ter mais atenção caso haja também atraso na menstruação. Como dito anteriormente, eles podem ser facilmente confundidos com os sintomas de TPM. 

Os principais sintomas da gravidez são:

Primeiros 7 dias

  • Corrimento vaginal cor-de-rosa;
  • Cólica e inchaço abdominal.

Primeiras 2 semanas

  • Mamas sensíveis;
  • Sensação de cansaço;
  • Alterações de humor;
  • Aversão a cheiros fortes.

Após um mês

  • Frequente vontade de urinar; 
  • Espinhas e pele oleosa;
  • Enjoos e náuseas; 
  • Tontura;
  • Sono.

Como Diferenciar?

qual a diferença de tpm e gravidez?

Embora sejam muito parecidos, é possível diferenciar os sintomas entre a TPM e a gravidez prestando atenção nos seguintes detalhes:

Sangramento

Na TPM – Menstruação normal.

Na gravidez – Pequeno corrimento rosado que dura até dois dias.

Náusea

Na TPM – Embora não seja muito comum, pode ocorrer em qualquer horário do dia. Nesse caso, não há vômitos ou aversão a alimentos.

Na gravidez – A náusea geralmente vem acompanhada de vômitos, principalmente no horário da manhã. Na gravidez ela pode também acabar causando aversão a alguns alimentos.

Mudanças de Humor

Na TPM – Um dos principais sintomas da TPM, a instabilidade emocional causa irritabilidade e sentimentos de tristeza. Costuma a aparecer duas semanas antes da menstruação, e dura até o início do ciclo. 

Na gravidez – Se a instabilidade emocional durar por mais de um mês, provavelmente é um sinal de gravidez, pois esse sintoma costuma acompanhar os 9 meses de gravidez.

Cólicas Abdominais

Na TPM – São mais frequentes em algumas mulheres dias antes da menstruação. Em alguns casos, pode ser mais intensa, mas tende a sumir após o descimento do fluxo.

Na gravidez – A cólica da gravidez tende a não ser tão intensa quanto a cólica da TPM, e costuma ser um incômodo apenas nas primeiras semanas de gestação. 

Sonolência 

Na TPM – Na maioria das vezes, a sonolência não é tão intensa e decorrente durante a TPM. Além disso, ela costuma a desaparecer depois que a menstruação desce.

Na gravidez – O sono é um dos principais sintomas da gravidez, e costuma a ser mais intenso no primeiro trimestre de gestação. Isso ocorre porque o corpo precisa de muita energia para desenvolver o feto.

Sensibilidade nas Mamas

Na TPM – Dias antes da menstruação, o nível do hormônio progesterona tende a ficar mais alto, causando a sensibilidade mamária. No entanto, ela não é tão intensa quanto a da gravidez e tende a desaparecer após que o fluxo desce. 

Na gravidez – Os seios passam por um processo para que possam produzir leite na amamentação durante a gravidez, causando um aumento das glândulas. A sensibilidade mamária costuma a surgir nas 2 primeiras semanas de gestação, podendo apresentar uma circunferência maior, com aréolas mais escuras. 

Prisão de Ventre

Na TPM – A prisão de ventre é causada pelo aumento do nível de progesterona durante alguns dias antes da menstruação. No entanto, costuma desaparecer após o descimento do fluxo.

Na gravidez – Assim como na TPM, o nível de progesterona também aumenta na gravidez, causando uma pausa intestinal que costuma a aparecer no primeiro trimestre de gestação.

Mudanças no Apetite

Na TPM – Durante a TPM, a mulher tende a ter um desejo maior por alimentos açucarados ou gordurosos, sentindo muito prazer na ingestão deles. Esse sintoma costuma a desaparecer depois que a menstruação desce.

Na gravidez – Um dos sintomas mais típicos da gravidez é a alteração no apetite. Durante o primeiro trimestre de gestação, a mulher tende a ter um desejo maior por alimentos comuns, comidas diferentes ou itens não comestíveis, como terra e tijolos. 

Menstruação Atrasada: o que fazer?

Mulher segurando teste de gravidez

Em algumas mulheres, o atraso na menstruação pode ser comum, sendo reconhecido como algo “normal” do corpo por elas. No entanto, se sua menstruação não desceu por pelo menos 2 meses, é preciso consultar um profissional para saber a causa do atraso. Se caso desconfiar que seja gravidez, realize um teste imediatamente para não haver atrasos na realização do pré-natal. 

Fontes:

http://www.saocamilo-sp.br/pdf/mundo_saude/65/11_Sindrome_baixa.pdf
http://clinicawaldyrmuniz.com.br/wp-content/uploads/2011/03/apostila_aula_012.pdf

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *