TPM e Chocolate: Qual a Relação?

O chocolate é a principal escolha entre as mulheres para aliviar os famosos incômodos da Tensão Pré-Menstrual, a TPM. Segundo especialistas, 45% do público feminino que sofre com os efeitos desagradáveis da fase pré-menstrual acaba desenvolvendo uma compulsão por doces, fazendo com que a vontade de ingerir alimentos açucarados e gordurosos aumente consideravelmente nesse período. 

O que poucos sabem, é que o chocolate realmente possui substâncias que ajudam no controle das intensas sensações durante o período de TPM. No entanto, seu consumo deve ser extremamente controlado e, além disso, não são todos tipos de chocolate que fazem bem para a saúde.

O que é TPM?

A Síndrome Pré-Menstrual é um período caracterizado pela flutuação hormonal dos níveis de estrogênio e progesterona que antecedem o ciclo menstrual. Esses hormônios são responsáveis pelo funcionamento do corpo feminino, desencadeando uma série de sintomas extremamente incômodos
quando sofrem com qualquer tipo de alteração, como na TPM e na Menopausa. 

Quais são os Sintomas da TPM?

mulher deitada com cólica

Os sintomas da TPM afetam cada mulher de um forma diferente. Eles podem surgir entre 5 e 10 dias antes da menstruação, e costumam desaparecer após o fluxo descer.

Em alguns casos, eles podem ser mais intensos, causando irritação, estresse e sensação de solidão. Quando muito graves, os efeitos da TPM podem atrapalhar consideravelmente o dia a dia feminino, prejudicando o seu desempenho no trabalho e ocasionando situações desagradáveis com amigos, entre outros.

Os principais sintomas da TPM são:

  • Dor e inchaço abdominal;
  • Sono;
  • Ansiedade;
  • Mudanças de humor;
  • Ataques de choro;
  • Cansaço;
  • Depressão;
  • Ganho de peso;
  • Acne ou problemas na pele;
  • Mau humor;
  • Dor de cabeça;
  • Falta de concentração;
  • Prisão de ventre;
  • Sentir raiva sem motivo;
  • Desejo de comer doces e salgados;
  • Dificuldade para dormir;
  • Irritabilidade;
  • Ansiedade;
  • Baixa autoestima;
  • Dor e inchaço nos seios;
  • Diarreia;
  • Tonturas;
  • Desmaios;
  • Inchaço nas mãos e pernas;
  • Diminuição do desejo sexual.

Como o Chocolate age na TPM?

mulher comendo chocolate

As funções do corpo feminino acabam se alterando devido aos diferentes níveis de hormônios importantes para o seu funcionamento, como a progesterona e estrogênio, o que acaba ocasionando uma série de mudanças na produção de outros hormônios, como a serotonina, conhecida como o hormônio da felicidade. 

Embora estudos comprovem que a ação do chocolate no alívio dos sintomas da TPM está relacionado à memória positiva que as pessoas têm, fazendo associações entre o chocolate ao prazer físico, alguns outros fatores também influenciam na questão.

A ligeira queda nos níveis de magnésio durante esse período faz com que a mulher sinta mais vontade de ingerir alimentos ricos em açúcar em gorduras, que estimulem a produção desse mineral e, por isso, o chocolate é tão importante. 

Além disso, as outras substâncias existentes no alimento são de grande ajuda no controle das alterações de humor típicas da TPM, fazendo com que a mulher se sinta mais calma e alegre. Essa substâncias são:

Feniletilamina

O chocolate possui uma substância, chamada feniletilamina, que é capaz de elevar os níveis de serotonina e endorfina no cérebro, causando uma sensação extrema de prazer, e aliviando os sintomas da TPM. 

Triptofano

A triptofano, aminoácido também existente no chocolate, pode transmitir uma sensação de bem-estar e bom humor durante os dias difíceis de TPM. Isso só é possível porque essa substância também é capaz de levantar o nível de serotonina e endorfina no cérebro, fazendo com que a sensação de felicidade seja imediata. 
 

Tipos de Chocolate

tipos de chocolate

Ingerir chocolate tanto na TPM quanto em outros momentos da vida deve ser sempre de forma cuidadosa. Embora o alimento tenha diversos benefícios para a saúde psicológica da mulher, sua composição possui muito açúcar e gorduras. Por isso, é indicado optar por chocolates amargos, com grande quantidade de cacau, que possuem mais triptofano e aumentam a sensação de prazer sem a ingestão de um alto índice de açúcar.

Para entender melhor como a composição do chocolate interfere em nossa saúde, é preciso conhecer os tipos de chocolate e suas ações.

Chocolate ao Leite

Esse tipo de chocolate possui grandes quantidades de açúcar e gorduras, sendo mais calórico que o chocolate amargo. Por não conter uma quantidade de cacau considerável, ele não traz benefícios para a saúde. 

Chocolate Amargo

O chocolate amargo é aquele que tem pelo menos 70% de cacau em sua composição. Segundo estudos científicos, é o tipo de chocolate com maiores benefícios para a saúde. No entanto, de qualquer forma, seu consumo também deve ser controlado.

Chocolate Meio Amargo

Esse tipo de chocolate possui mais açúcar que a versão amarga. No entanto, sua quantidade significativa de cacau, pelo menos 40%, também traz alguns benefícios para a saúde quando comparado ao chocolate em leite.

Chocolate Branco

É o tipo de chocolate mais calórico, por não possuir cacau, não oferece nenhum benefício à saúde.

Chocolate Diet

Embora os níveis de açúcar sejam menores, esse chocolate contem grandes quantidades de gordura, que acabam sendo prejudiciais à saúde. 

Chocolate a Base de Soja

Indicado para portadores de doença celíaca ou para casos de intolerância à lactose, esse chocolate possui o mesmo valor calórico que as versões ao leite e diet.

Fontes:

http://bvsms.saude.gov.br/bvs/artigos/mundo_saude/sindrome_premenstrual_aspectos_relacionados_antropometria.pdf
http://www.scielo.br/pdf/rn/v15n3/a07v15n3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *