TPM causa Enjoo?

O enjoo é um dos 200 sintomas da TPM. Embora não seja muito comum, esse sinal pode afetar algumas mulheres que fazem consumo de alimentos impróprios para esse período. Outro grande fator para o problema é a alteração hormonal, que pode causar uma desordem no organismo e ocasionar enjoos e vômitos. Esses sintomas são mais frequentes em mulheres que também sofrem com dores de cabeça e cólicas fortes relacionadas com a liberação de hormônios.

No entanto, é preciso ter atenção caso haja um atraso no ciclo menstrual, pois esse sintoma pode ser de uma possível gestação. Os sintomas de gravidez são facilmente confundidos com os sintomas da TPM, porém é possível identificá-los. Os sinais da gestação geralmente aparecem após a presença de um atraso menstrual, enquanto os da TPM desaparecem quando o primeiro fluxo desce. 

O que é TPM?

A Tensão Pré-Menstrual, a famosa TPM, é uma síndrome que antecede o primeiro fluxo de menstruação, caracterizada pela alteração nos níveis de estrogênio e progesterona, hormônios responsáveis por diversas funções no corpo feminino. Essa alteração acaba causando uma série de sintomas típicos da TPM, devido a queda de estrogênio e aumento de progesterona.

Sintomas da TPM

TPM causa Enjoos

Os sintomas da TPM costumam a aparecer entre 5 a 10 dias antes da menstruação, e geralmente desaparecem depois que o fluxo desce. No Brasil, cerca de 44% da população feminina sofre com os incômodos desse período, segundo dados do Ministério da Saúde. Dependendo de cada caso, a mulher pode ser afetada de forma mais intensa, o que acaba atrapalhando suas atividades diárias e relacionamentos. 

Os principais sintomas da TPM são:

  • Dor e inchaço abdominal;
  • Sono;
  • Ansiedade;
  • Mudanças de humor;
  • Ataques de choro;
  • Cansaço;
  • Depressão;
  • Ganho de peso;
  • Acne ou problemas na pele;
  • Mau humor;
  • Dor de cabeça;
  • Falta de concentração;
  • Prisão de ventre;
  • Sentir raiva sem motivo;
  • Desejo de comer doces e salgados;
  • Dificuldade para dormir;
  • Irritabilidade;
  • Ansiedade;
  • Baixa autoestima;
  • Dor e inchaço nos seios;
  • Diarreia;
  • Enjoos;
  • Tonturas;
  • Desmaios;
  • Inchaço nas mãos e pernas;
  • Diminuição do desejo sexual.

Transtorno Disfórico Pré-Menstrual

O Transtorno Disfórico Pré-Menstrual (TDPM) é uma versão mais agressiva dos sintomas da TPM. A mulher que sofre com TDPM deve realizar um tratamento especializado com um ginecologista. 

Os sintomas desse tipo de TPM costumam afetar gravemente as condições do corpo feminino, podendo até mesmo impossibilitar movimentos durante o período. Por intensificar os sinais comuns da TPM, o Transtorno Disfórico Pré-Menstrual pode estar interligado à presença de enjoos, tonturas, cólicas fortes, entre outros. 

Gravidez e TPM

O enjoo é um dos principais sintomas da gravidez e, por isso, merece muita atenção quando se tornam frequentes. Nesse caso, é mais comum aparecer acompanhado de náuseas e aversão a alimentos, principalmente na parte da manhã. Já na TPM, os enjoos são menos comuns, porém podem surgir em qualquer horário do dia, dificilmente acompanhados de vômitos e aversão a alimentos. 

Alimentação na TPM

alimentos bons para amenizar os sintomas da tpm

Você é o que você come, certo? Pois é, a alimentação na TPM pode interferir diretamente na intensidade dos sintomas desse período e, por isso, merece muita atenção e cuidados.

Se caso você sofrer de enjoos nos dia de TPM, procure evitar alimentos e bebidas que podem aumentar sua frequência, como:

  • Café;
  • Refrigerantes;
  • Bebidas alcoólicas;
  • Alimentos industrializados;
  • Alimentos embutidos;
  • Alimentos industrializados;
  • Frituras e gorduras;
  • Alimentos açucarados em excesso.

Para diminuir os efeitos da TPM, uma dieta balanceada é essencial, portanto, procure sempre:

  • Consumir frutas cítricas, como laranja, abacaxi e limão para evitar os enjoos.
  • Trocar os carboidratos refinados e com alto teor de sódio e açúcar por alimentos ricos em fibras boas para o organismo, como pães outros alimentos integrais que ajudam a regular o trânsito intestinal, prevenindo problemas típicos da TPM, como a prisão de ventre. 
  • Evitar o consumo de sal, pois ele influencia na presença de inchaço na região do abdômen devido a retenção de líquidos causado por ele. E fique atenta, refrigerantes zero açúcar não são completamente mais saudáveis, pois a maioria apresenta uma grande quantidade de sódio em sua composição.

Como aliviar os Sintomas da TPM?

mulher andando de bicicleta no parque

Embora seja muito difícil se sentir em completa paz durante os dias de TPM, algumas medidas podem ser adotadas para que os sintomas não sejam tão intensos. Portanto, procure sempre:

  • Realizar atividades físicas por, pelo menos, 3 vezes por semana. Após o exercício físico, o corpo fica mais relaxado e leve. Além de combater o estresse, a irritabilidade, a ansiedade e a depressão, as atividades melhoram o trânsito intestinal e diminuem a sensação de inchaço abdominal. 
  • Consumir uma quantidade maior de água. Se manter hidratada, principalmente nos dias de TPM, ajuda a combater a retenção de líquidos e controlar a acne, pois a pele ficará mais saudável, com menos impurezas, e a oleosidade não ficará tão intensa. Portanto, beba pelo menos 2 litros de água por dia.
  • Regular o sono. Um dos principais sintomas da TPM é a sonolência, portanto, pratique exercícios físicos durante o dia e regule seus horários de sono. Desse modo, é possível combater a indisposição e o cansaço. Caso sofrer com insônia, procure tomar um banho morno antes de ir deitar. Lembre-se que uma boa noite de sono exige 8 horas de descanso.

Fontes:

http://www.scielo.br/pdf/reeusp/v35n3/v35n3a01.pdf
https://www.researchgate.net/profile/Ma_Romano-Silva/publication/237572915_Transtorno_disforico_pre-menstrual_revisao_conceito_historia_epidemiologia_e_etiologia/links/545249d50cf24884d887ec1d.pdf#page=5

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *